O que está por trás da pesca?

O que Está por trás da pesca?

Ecossistemas destruídos, sofrimento e uma enorme carga de contaminação. Isto é o que está por trás da pesca industrial! O custo é alto demais e destrói a vida marinha num espiral direto até suas profundidades. A FAO se pronunciou sobre o uso de métodos destrutivos e a degradação ecológica. Neste artigo, te propomos analisar os fatos: 

Tempos violentos

A pesca tradicional, geralmente, implica no uso de redes e varas de pescar. Mas, hoje em dia, o que está por trás da pesca são pescadores em grandes barcos mecanizados. No profundo do mar, os peixes são retirados à força da água e ficam sem fôlego. Entretanto, para que se mantenham “frescos”, são depositados em águas pouco profundas dentro dos barcos.

Por dias e mais dias, apenas sobrevivem respirando o pouco ar que está à sua disposição. Isso é algo fácil de perceber em qualquer peixaria ou mercado onde os peixes se vendem vivos. 

Fast as you can

Para manter o ritmo produtivo, os peixes devem se reproduzir o mais rápido possível. E as técnicas são selvagens… Centenas de trabalhadores se dedicam exclusivamente a arrancar os diminutos olhos dos crustáceos. Para, assim, aumentar sua produção de ovos. Este processo terrível é chamado de ablação ocular ou apedunculação ocular. 

Não morrem somente peixes

Sabia que a pesca não afeta apenas os peixes pescados? A cada ano, os barcos pesqueiros industriais deixam um rastro de destruição por onde passam. Suas vítimas são milhares de tartarugas, aves, golfinhos e outros animais que sofrem feridas graves ao engolir os anzóis ou ficar presos nas redes. 

Os anzóis da pesca industrial também ameaçam outras espécies selvagens que acabam correndo risco de extinção. Os mecanismos dos barcos capturam todo tipo de criaturas marinhas, que, muitas vezes, morrem pela pressão ou são trituradas vidas no processo de fabricação de alimentos processados. 

Pesticidas e antibióticos: grande efeito dominó

Os piolhos do mar são parasitas que se alimentam através dos peixes. A pesca industrial os combate lançando pesticidas tóxicos na água.

Pragas, bactérias e vírus também costumam se proliferar nas “fazendas de peixes”. E para evitar que isso ocorra, são feitos controles de rotina que consistem em injetar antibióticos em todo o curso de água. Porém, como consequência, as bactérias se tornam cada vez mais resistentes e são capazes de provocar novas doenças nos peixes. 

Sobrepesca ou Pesca depredatória

Para satisfazer a demanda mundial de peixes e mariscos, é comum praticar a pesca depredatória. Mas o dano desta prática nos ecossistemas aquáticos é feroz.

Um relatório da ONU pulicado em 2018 aponta que as companhias de pesca chegam a perder bilhões pelos efeitos da sobrepesca e de práticas de gestão deficientes. Estes dados também foram endossados pela FAO em 2018.

Impacto NOW

O que está por trás da pesca industrial não causa danos apenas biológicos, mas também sociais. Seus efeitos geram um impacto negativo na vida de milhares de pescadores artesanais e suas comunidades. 

Do ponto de vista 100% ambiental, Elliot Norse, criador do Instituto de Conservação Marinha, afirma:

“Os cientistas constatam que a pesca de arrastão significa a maior alteração do fundo do mar do mundo inteiro. E possivelmente, a maior perturbação da biosfera causada pelo ser humano.”.

Metais Tóxicos

Os benefícios dos peixes e mariscos para a saúde passam a ser questionados. Fontes fiáveis como NCBI advertem que o consumo destes alimentos pode ser comprometido pela presença de metais tóxicos e metaloides em sua carne.

Os mariscos crescem principalmente no fundo do oceano, onde se acumulam os metais pesados. Os mais comuns são: chumbo, cadmio, arsênico e mercúrio, e todos eles possuem um efeito nocivo para o corpo humano

Dizer “Sim” a uma alimentação compassiva

Estudos científicos demonstram que a alimentação vegana equilibrada é insuperável. Os Game Changers derrubaram o mito da supremacia de la proteína animal. A dieta plant-based é uma verdadeira fonte de saúde, até mesmo para os atletas que praticam esportes de alto rendimento. 

Os oceanos são os pulmões do nosso planeta; neles habita o oxigênio. Então, por que contribuir com a tortura e morte brutal dos seus habitantes?

Talvez, Da Vinci não soubesse o que está por trás da pesca industrial de hoje em dia. Porém, seu legado de uma vida compassiva continua sendo muito atual: 

“Chegará o dia em que os homens verão a matança dos animais como, agora, veem o assassinato dos homens.”

Extra, extra!

Um estudo promovido pelo Fundo Internacional para o Bem-Estar Animal, revela dados preocupantes. A contaminação plástica gerada pelos barcos pesqueiros supera a dos canudos. As toneladas de elementos de pesca descartados estão matando as criaturas marinhas

Aproximadamente 88% das mortes de baleias francas do Atlântico Norte, entre 2003 e 2018, foram causadas pelo ser humano. 

Agora, você já sabe o que está por trás da pesca industrial e os danos que causa ao nosso planeta. Que tal dar o próximo passo para abraçar o veganismo? Neste artigo, compartilhamos dicas incríveis para novos veganos. 

E se você já começou a sua jornada vegan, não deixe de conferir estes passos para levar uma vida ainda mais saudável e compassiva.

Até a próxima! 🙂

Total Page Visits: 634

También Te Podría Interesar:

×
×

Carrito